Festa da Laje

28 abr

Um dia caminhando pelas ruas do meu bairro, deparei-me com uma cena comum nos dias de hoje, mas inimaginável anos atrás: um caminhão de concreto era acionado para ‘encher’ uma laje.

O episódio chamou minha atenção por um determinado fato. Antigamente, ‘encher a laje’ era um evento social – ao menos no meu Sapopemba.

Os homens acordavam cedo para misturar areia, cimento, pedra e água e assim subirem com latas nas costas para o ponto onde o pedreiro estava puxando o concreto.

Já as mulheres se uniam para preparar o almoço – servido sempre ao fim do trabalho com churrasco e cerveja. Era a confraternização que unia os amigos.

Pois bem, o tempo passou, o mundo evoluiu e já não vejo mais com a mesma frequência pessoas ‘enchendo laje’. Agora com o preço mais acessível, os caminhões de concreto são contratados para substituírem os mutirões e no lugar das antigas festas na laje o que se vê são apenas duas ou três pessoas concluindo a obra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: