A arte da caracterização

4 maio

Recentemente minha amiga Renata Fornari postou em seu blog “Sobre TV e Cinema” um artigo sobre a participação da atriz Julianne Moore no telefilme da HBO “Game Change”.

Julianne Moore como Sarah Palin

Na produção, Moore interpretará Sarah Palin, ex-governadora do Alasca e ex-candidata à vice-presidência dos Estados Unidos.

A Sarah Palin 'original'

 

O que mais me chamou a atenção no post foi a caracterização de Moore. Simplesmente, a atriz ficou uma cópia perfeita da política.

Na hora lembrei-me de outro caso exemplar. A também atriz Meryl Streep caracterizada como a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher para o filme “The Iron Lady” – “A Dama de Ferro”.

Quando vi a primeira foto de Meryl fiquei impressionado com o resultado alcançado pela equipe. A semelhança entre as duas é simplesmente incrível.

Margaret Thatcher e Meryl Streep

Anúncios

Uma resposta to “A arte da caracterização”

  1. Mayara (@mayara_162) 01/09/2011 às 11:16 #

    Caracterização perfeita mesmo, ficou ótima!!!
    Dupla imbativel vc e sua amiga Renata, viu?! =) gosto mto de ler o q vcs escrevem!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: