Em busca da exclusividade

29 jul

Das muitas citações encontradas no livro “Jornalismo Digital”, uma do jornalista Zuenir Ventura – famoso autor de 1968 – chamou mais a minha atenção.

Diz Zeunir: “Adianta a achar que o furo é um valor absoluto e supremo do jornalismo? Não é! O melhor furo é a qualidade”.

A frase faz parte da discussão em torno da busca desenfreada pelo furo jornalístico. Este jargão remete ao fato dos profissionais buscarem algo exclusivo e único. No entanto, a internet e a sua instantaneidade mostram que muitas vezes é preciso checar e apurar antes de divulgar.

O clássico episódio da ‘não-morte‘ de Amim Khader se encaixa perfeitamente neste exemplo.

Com isso fica a lição: antes de ‘furar’ a concorrência com uma inverdade, para depois se retratar, é melhor averiguar e ter certeza da informação difundida. Pois a credibilidade é infinitamente melhor do que a exclusividade em si.

Anúncios

Uma resposta to “Em busca da exclusividade”

Trackbacks/Pingbacks

  1. O preço do erro « Leia e Opine - 24/01/2013

    […] outros campos, como por exemplo, o valor de um furo jornalístico. Às vezes, na ânsia de querer ‘furar‘ a concorrência muitos veículos acabam embarcando em verdadeiras […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: