Os filhos de Machado

19 jan

Antes de iniciar propriamente dito este texto, gostaria de dizer aqui que não sou um estudioso de literatura, muito menos especialista no assunto. Apenas sou um fã da obra machadiana e como leitor de seu trabalho, gostaria de apontar ideias que me surgiram durante os anos.

Como é de conhecimento geral, Machado de Assis foi casado durante mais de 35 anos com Carolina e desse relacionamento não tiveram filhos. Eis então que surge a ideia deste post.

Em seu último capítulo de Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado encerra a obra como a seguinte frase de seu famoso personagem:

“Não tive filhos, não transmiti a nenhuma criatura o legado da nossa miséria”.

Já em Memorial de Aires, o bom casal Aguiar também não tem filhos legítimos, adotando de coração a viúva Fidélia e o jovem Tristão. No entanto, o casal segue para Portugal deixando ‘órfãos’ os pais de consideração.

Ao retratar de forma ‘cruel’ a partida e o estado como ficaram D. Carmo e o marido, Machado demonstra, ao meu ver, como são ingratos os filhos.

Esta relação ao descrever filhos, pode tentar explicar uma possível frustração do escritor por não ter sido pai. Este seu desapego pode evidenciar esta afirmação. No entanto, assim como outros mistérios envolvendo a vida de Machado de Assis, isso tudo não passa de conjecturas de um jovem blogueiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: