São Paulo: uma ótica imobiliária

8 fev

Após a forte chuva que castigou a capital paulista na tarde desta terça-feira, 07, e sob um forte calor, a ESPM recebeu a segunda atividade do 7º Ciclo de palestras com o título de “São Paulo: uma ótica imobiliária”.

Ministrada pelo engenheiro civil Lincoln Jorge Marques, a palestra teve como base uma colagem sobre a visão do setor imobiliário referente à construção da cidade de São Paulo.

Amplamente ilustrada com fotos antigas, pinturas e mapas, a explanação de Lincoln apresentou um panorama sobre a construção da identidade do município desde a sua fundação em 1554 até os dias atuais.

Início – Um fato divulgado chamou a atenção. Até o início do século XIX, a cidade de São Paulo não passava de uma vila agrária e sem muito reconhecimento dentro do Império.

Porém, a fundação da faculdade de direito do Largo de São Francisco, no ano de 1827, pouco depois da Independência do Brasil, levou a uma profunda transformação da capital paulista. Isto por que a chegada dos estudantes com seus modos de vida totalmente diferentes dos moradores modificou a forma de viver na cidade.

Foi a expansão tecnológica do século XIX que fez de São Paulo o coração do Brasil. A chegada da linha de ferro em 1867, a importância da agricultura cafeeira para a economia nacional, a terra abundante, a imigração e a energia foram as forças motrizes para o desenvolvimento da terra da garoa como conhecemos hoje.

A partir daí, a cidade passou a receber cada vez mais investimentos e alcançou o seu auge na década de 1940, na chamada Belle Époque paulistana. No entanto, as décadas posteriores viram a saturação do espaço e o rompimento das fronteiras, criando a crescente verticalização constante atualmente.

A palestra foi mais do que satisfatória, pois além de demonstrar amplo conhecimento sobre o assunto, Lincoln mostrou uma São Paulo que o signatário deste blog não sabia. Apesar de ter nascido na terra da garoa, nunca havia visto minha cidade deste ângulo, entendendo suas origens tão complexas e fascinantes.

Anúncios

4 Respostas to “São Paulo: uma ótica imobiliária”

  1. Gabriel Duque 08/02/2012 às 12:18 #

    Rogério, só uma correçãozinha: no penultimo paragrafo é Belle Époque. Nao precisa aprovar o comentario hehehe

    • Rogério Santana 08/02/2012 às 12:25 #

      Opa! Claro que eu aprovo. Sempre bom aprender, ainda mais com um ‘galicista’ tão renomado quanto você! hehehe

      • Priscila Ota 08/02/2012 às 17:57 #

        Muito interessante o post!
        Que história né… São Paulo é mesmo impressionante!

      • Rogério Santana 08/02/2012 às 17:59 #

        Realmente Priscila! Eu, por exemplo, nunca havia pensado na Faculdade de Direito como o estopim para o crescimento de São Paulo. Muito interessante mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: