O fim de mais um paulistano ilustre

10 abr

Sua função era organizar. Sempre discreto, muitas vezes passava despercebido pelos cantos da cozinha. Seu único desejo era poder deixar tudo na mais perfeita ordem.

Os dias de maior alegria eram quando chegavam as compras. Nestes momentos, sentia-se realizado, pois ao fim do armazenamento dos mantimentos era o seu minuto triunfal.

Ora dobradas, ora apenas comprimidas, as sacolas plásticas eram colocadas dentro do famoso “puxa-saco”. Ali como em ritual da colheita, o pequeno pedaço de pano com elásticos sentia sua fome saciada.

Assim foi por anos a fio, até que uma recomendação na terra dos humanos levou-o à derrocada e a penumbra total.

Com a distribuição de sacolas plásticas proibida em São Paulo e sua substituição por retornáveis, o puxa-saco perdeu sua função de existir. Não há mais o que organizar e muito menos o que se guardar.

Aquele que antes reinava absoluto na cozinha das casas paulistanas, agora agoniza nas paredes à espera do fim certo e inevitável.

Anúncios

7 Respostas to “O fim de mais um paulistano ilustre”

  1. Recicle Ideias 10/04/2012 às 15:56 #

    Rogério, tudo bem?
    Só gostaria de fazer uma observação: As sacolas plásticas não foram proibidas em São Paulo. Trata-se de um acordo entre APAS e governo.. mas a lei que proibiria, foi suspensa em junho do ano passado.
    Sendo assim, os supermercados que não fizeram parte do acordo por meio da APAS, podem continuar distribuindo sacolinhas sem problema algum. Não há proibição, não há multa…
    beijos, Bah!

    • Rogério Santana 10/04/2012 às 16:25 #

      Nada como contar com o conhecimento de causa. Muito obrigado pela explicação, Bah!

  2. Helô Spolador 11/04/2012 às 06:46 #

    Proibidas ou não, a intenção é que elas se tornem cada vez mais raras… mas esse puxa-saco aí tá muito bonitinho!! o meu não é assim não… hahaha!! Bjos

    • Rogério Santana 11/04/2012 às 10:07 #

      Quando a gente casar – se ainda houver sacolinhas para serem guardadas – você pode comprar um para colocar na nossa cozinha. bj

      • Helô Spolador 11/04/2012 às 15:48 #

        Com certeza!!!!! ;D … mas acho que teremos uma maior consciência… sacola retornável é bem mais prático… só de pensar em ficar dobrando sacolinhas, já fico entediada!!!!! hahaha!

  3. Priscila Ota 12/04/2012 às 13:06 #

    Adorei a crônica Rogério!
    E a observação da Helô Spolador de “dobrar as sacolinhas” foi muito bem colocada… rsrsrs!!
    A questão das sacolinhas é bem contraditória se formos pensar… Apesar de representarem um tipo de ameaça ao meio ambiente, há tantas outras coisas tão mais graves acontecendo por aí e nenhum governo até agora se mexeu pra tentar resolver…
    Mas eu ainda tenho um bom e velho puxa-saco em casa e com certeza é peça indispensável na casa e no enxoval de qualquer pessoa! rsrsrs…

  4. s 06/08/2012 às 13:46 #

    Esse ‘causo’ das sacolinhas de mercado… aff, que coisa mais estranha. A alegação era de que as sacolas distribuidas nos supermercados não eram ecológicas. E então, a partir daí, o consumidor que se vire. Ora, mas qual a razão dos supermercados não oferecerem embalagens adequadas ecologicamente?…
    De outro lado, o açougue continua a embalar mercadorias, a loja de roupas, o feirante, e todos os demais comerciantes do planeta embalam as mercadorias para o freguês. E cada um embala seu lixo em sacolas ou embalagens plásticas, correto?
    Mas os supermercados… ah, não não, somos ‘ecológicos’ e não embalamos mercadorias! Obvio…, sou ecológico e não embalo mercadorias e ganho 10 na escolinha do professor raimundo pensando (ou querendo fazer crer) que fiz integralmente a minha parte.
    Ah, ok. Vá espiar os fundos dos hipermercados e veja o lixo que há ali, como é ‘ecologicamente’ tratado…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: