As escoltadas

15 abr

Rosa e Mariana nasceram no mesmo dia, com a diferença de dois minutos que fazia de Rosa a primogênita de do senhor Raul e da dona Maricota.

Desde a infância, as irmãs não se separavam e onde estava uma, lá estava a outra como uma dupla de vasos siameses.

Conforme cresciam, as duas adquiriam os mesmos gostos, amigos, confidências, sonhos e projetos.

Assim foi até ingressarem no curso de enfermagem.

Moradoras de um bairro distante do centro da cidade, Rosa e Mariana todos os dias contavam com a escolta de seus pais para voltarem para casa.

Da mesma forma como o sol nasce da aurora, seu Raul e dona Maricota saíam de casa religiosamente às 23 horas e dez minutos depois encontravam as filhas no ponto de ônibus próximo a residência da família.

A cena repetia-se todos os dias. Com chuva ou sem, lá estava o bondoso casal à espera das rebentas.

Uma certa quarta-feira, tudo parecia como antes. Após um dia exaustante no trabalho – Rosa e Mariana faziam estágio na mesma empresa – e duas provas seguidas na faculdade, as gêmeas retornaram para casa.

Ao descerem do ônibus, a surpresa. Após quatro anos ininterruptos, seu Raul e dona Maricota não estavam no local de sempre. Rosa tentou telefonar para casa, mas a ligação caia na caixa postal.

A cada passo rumo em direção a casa, a apreensão de Rosa e Mariana aumentava. Ao chegar, tudo na mais aparente tranquilidade. Apesar da escuridão, as irmãs não desconfiaram de nada e logo entraram.

Ao acenderem a luz, as irmãs se depararam com a cena que explicava a ausência de seus pais.

Lado a lado, seu Raul e dona Maricota dormiam tranquilamente. Vencidos pelo cansaço e traídos pela pilha fraca do despertador, os dois adormeceram e perderam a hora.

A partir daquele momento, seu Raul e dona Maricota resolveram deixar a escolta das filhas a cargo delas mesmo e não mais se preocuparam com a chegada das moças.

Anúncios

Uma resposta to “As escoltadas”

  1. Priscila Ota 17/04/2012 às 08:48 #

    Suas crônicas cada vez mais interessantes de se ler Rogério! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: