Quando ficção e realidade se entrelaçam

11 maio

À Heloísa Spolador

Escrito por Geraldine Brooks, prêmio Pulitzer de ficção em 2006, As Memórias do Livro narra a épica viagem do manuscrito conhecido como a Hagadá de Saravejo pela Europa por mais de 500 anos.

Partindo de um fato real, Geraldine constrói sua trama mesclando dados históricos com boa dose de imaginação.

Os detalhes contidos na obra são tão factíveis, que o leitor chega a acreditar em muitas das informações ali apresentadas.

Independente das questões religiosas propostas – o livro faz uma verdadeira homenagem aos bibliotecários e sua profissão. Salva da fogueira e da destruição por inúmeras vezes, a Hagadá de Saravejo é um belo exemplo do trabalho fiel desses admirados profissionais.

Agradeço a Heloísa Spolador o prazer da leitura e mais do que isso, o ensinamento pela valorização do trabalho realizado pelos bibliotecários.

Quem gosta de romances ficcionais históricos certamente se sentirá envolvido pelo enredo de Hanna e a famosa Hagadá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: