Histórias Cruzadas

8 fev

capa historias cruzadasHoje compreendo o valor histórico da eleição de Barack Obama como presidente dos Estados Unidos. Para um país que até pouco tempo atrás tinha banheiros separados para os empregados negros, ter um presidente filho de um queniano é algo admirável.

Assistir “Histórias Cruzadas” e a vida das empregadas e suas patroas no Mississipi é tomar um soco no estômago.

O filme intitulado “The Help” no original é vivo e conta com atuações memoráveis de Viola Davis como Aibileen e Octavia Spencer como Minny, o que faz do longa um primor do cinema mundial.

As atuações foram tão memoráveis que Davis foi indicada ao Oscar de 2012 como melhor atriz, mas acabou perdendo a estatueta para Meryl Streep por “A Dama de Ferro”. Já Octavia consagrou-se como a melhor atriz coadjuvante do ano.

Escancarando a hipocrisia que embasa muitas relações entre patrões e serviçais, “Histórias Cruzadas” serve como um grito contra o preconceito.

Mostrar a realidades das empregas negras e os abusos que sofriam de suas patroas brancas é apenas a ponta do iceberg para sentimentos que estão enraizados na humanidade.

Simplesmente excepcional, o filme é uma boa recomendação para quem gosta de filmes históricos e enredos marcantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: