Zumbis na tela: eles voltaram!

9 fev

Por Gabriel Duque

walking deadSucesso de público nos Estados Unidos e no Brasil, “The Walking Dead” volta a exibir episódios inéditos a partir deste domingo em solo americano. Logo na segunda pela manhã, já é possível baixar na internet e conferir por aqui. A série, que já foi renovada por mais um ano, retorna na metade da terceira temporada com a busca pela sobrevivência no mundo do caos e dos zumbis.

Apontar o motivo de tanta audiência é difícil. Uma das causas pode ser a intrigante sensação de ter que fugir de uma ameaça real e devastadora como mortos renascendo no cemitério ou pessoas transformadas por vírus desenvolvidos em laboratórios. Mas o fato é que o gênero terror/suspense com zumbis está mais do que consolidado.

Entre os thrillers famosos, há os longas “A Noite dos Mortos Vivos” de 1968 com remake em 1990 – um dos maiores clássicos e que personifica o estereótipo atual de zumbi que conhecemos -, “Re-Animator” de 1985, “Extermínio” de 2002, “Madrugada dos Mortos” de 2004, “Terra dos Mortos” de 2005, “Planeta Terror” de 2007, “Apocalipse Zumbi” de 2011, a trilogia “A Volta dos Mortos Vivos” dos anos 1980 e a saga “Resident Evil” dos anos 2000.

409px-Poster_-_White_Zombie_01_Crisco_restorationAlém deles, sátiras e comédias sobre os zumbis também foram sucesso como “Todo Mundo Quase Morto” de 2004 e “Zumbilândia” de 2009. No entanto, o primeiro filme a abordar o tema zumbis não tem nada a ver com as tramas que surgiram ao longo dos anos. Em 1932, um filme independente chamado “White Zombie” foi desenvolvido pelos irmãos Victor e Edward Halperin.

O longa era ambientado no Haiti e retratou um mestre vodu que usava poções mágicas para transformar uma mulher em zumbi. No folclore do país centro-americano, existem histórias sobre mortos trazidos à vida por feiticeiros para trabalharem como escravos. Um tema bem diferente do que hoje estamos acostumados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: