Rio: um choque de culturas

16 mar

Que existem milhares de costumes e culturas em todo o mundo é um fato amplamente difundido. Seja em uma tribo isolada nos confins da Amazônia, seja em um grande aglomerado urbano como Paris, os seres humanos se comportam de forma pré-estabelecida e entendem qualquer transgressão aos padrões adotados como fora da normalidade.

Esta pequena introdução acerca do que é cultura está relacionada ao recente fato envolvendo ginastas dinamarquesas e o fato de fazerem topless no Rio de Janeiro no início desta semana. Após uma conversa com o meu amigo Gabriel Duque surgiu a questão: estaria o Rio – sede de grandes eventos esportivos nos próximos anos – preparado para conviver com hábitos culturais diferentes?

Mas, acredito que o questionamento seja mais complexo: teria o Rio – e consequentemente os cariocas – que “se adaptarem” para receber os turistas estrangeiros?

Apesar de a imagem brasileira estar associada a sensualidade no exterior, cabe aos forasteiros entenderem nossas regras e costumes para que episódios como o da praia de Copacabana não aconteçam mais.

Vale ressaltar que todos – inclusive os brasileiros – respeitam as tradições em qualquer parte do mundo, como por exemplo, várias repórteres brasileiras usaram o véu islâmico ao visitarem países árabes em respeito à cultura local.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: