A polêmica das armas impressas em 3D

4 jun

Recentemente meu amigo e colaborador aqui do blog Gabriel Duque escreveu sobre a “onda das impressoras 3D”. Na mesma época começou a borbulhar na internet matérias sobre um grupo norte-americano que havia usado o equipamento para ‘imprimir’ armas de fogo.

Estava aberta a polêmica.

Esta semana recebi um artigo de Sergio Oberlander, sócio-fundador da Robtec, líder na introdução de prototipagem rápida e na venda de impressoras 3D na América Latina.

No artigo, Sergio defende a ideia de que todas as tecnologias surgem com o intuito ajudar na evolução da sociedade e que o seu uso – tanto para o bem ou para o mal – dependeria unicamente da ação humana.

Concordo plenamente com o ponto apresentado pelo especialista. O uso das impressoras 3D pode ser de suma importância para a indústria em vários setores e não pode impactar em todo um negócio devido a uma ação isolada.

Veja abaixo matéria do Jornal Nacional sobre a impressora 3D:

https://www.youtube.com/watch?v=kHGxSciiV7M

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: