Bernard: mais um brasileiro ucraniano

12 ago

Por Gabriel Duque

O leste europeu nunca foi uma das maiores atrações para os principais jogadores que tiveram propostas para sair do Brasil. Mas, de uns tempos para cá, a região se tornou reduto de uma legião de brasileiros. A Ucrânia, especificamente, conseguiu virar uma grande vitrine para jovens atletas. E foi o Shakhtar Donetsk quem abriu as portas.

O desbravador das terras ucranianas foi o atacante Brandão, que jogava no São Caetano e foi contratado na temporada 2002/03. Na janela de transferências da temporada 2004/05, chegaram Elano, comprado do Santos por 7,6 milhões de euros, Jadson, adquirido junto ao Atlético-PR por 5 milhões de euros, o lateral-esquerdo Ivan, também do Furacão, o atacante Matuzalém, do Brescia, e o meia Batista, ex-Galatasaray.

A lista não para por aí e segue com Fernandinho, ex-Atlético-PR, Luiz Adriano, ex-Inter, Douglas Costa, ex-Grêmio, Ilsinho, ex-São Paulo, Willian e Dentinho, ex-Corinthians, Alan Patrick, ex-Santos, entre outros. Já são 23 brasucas que passaram pelo Shakhtar nos últimos 11 anos. Foram mais de 171 milhões de euros envolvendo apenas os negócios com atletas canarinhos.

Bernard no ShakhtarNesta última janela, o time de Donetsk veio às compras no Brasil e levou mais quatro jogadores. O meia Fred foi contratado junto ao Inter por 15 milhões de euros, o atacante Wellington Nem deixou o Fluminense por 25 milhões de reais, o volante Fernando foi embora do Grêmio por 31 milhões de reais e o atacante Bernard saiu do Atlético-MG por 77 milhões de reais. Atualmente, a equipe conta com 11 atletas do país pentacampeão mundial em seu elenco.

Akhmetov dono do Shakhtar DonetskDono do clube ucraniano, Rinat Akhmetov se diz fã do futebol brasileiro e deixa claro o perfil dos canarinhos contratados. São jogadores jovens com média de 20,9 anos, principalmente do setor ofensivo, e com potencial de valorização para serem negociados no futuro com clubes europeus mais importantes por cifras superiores.

Presidente do Shakhtar desde 1996, Akhmetov é o homem mais rico da Ucrânia, com empresas na indústria de aço e mineração e nas áreas de energia, de banco de seguros e de telecomunicação. Em 2012, foi considerado pela Forbes o 39° mais rico do mundo com fortuna estimada em US$ 16 bilhões.

Anúncios

Uma resposta to “Bernard: mais um brasileiro ucraniano”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Negócio da China: jogadores brasileiros invadem o Oriente | Leia e Opine - 04/03/2014

    […] para a colônia brasileira se instalar também no Leste Europeu, principalmente, na Rússia e na Ucrânia. A Turquia também passou a ser destino e, por fim, o famoso “mundo árabe” repleto do […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: