Mundial de Clubes: Galo, Bayern ou novo Mazembe?

11 dez

Por Gabriel Duque

Começa hoje mais uma edição do Mundial de Clubes com a óbvia expectativa pela final entre Atlético-MG, o campeão da Libertadores, e o Bayern de Munique, vencedor da Liga dos Campeões da Europa. No entanto, a abertura do torneio que acontece neste ano no Marrocos fica por conta do time da casa Raja Casablanca e o Auckland City, da Nova Zelândia e campeão da Oceania.

Atlético-MG campeao das LibertadoresOs marroquinos voltam a disputar o campeonato pela segunda vez. Em sua participação anterior em 2000, no Brasil, perderam as três partidas na fase de grupos. Já os neozelandeses vão para o seu quinto Mundial de Clubes após entrar em campo na competição em 2006, 2009, 2011 e 2012, acumulando cinco derrotas e duas vitórias.

Sem nomes conhecidos do grande público, as duas equipes tentam se classificar para enfrentar o Monterrey, do México. Este confronto decidirá o adversário do Galo na semifinal no dia 18 de dezembro. Os mexicanos não assustam tanto, mas preocupam, pois disputam seu terceiro mundial seguido.

Do outro lado da chave, iniciam a disputa o Guangzhou Evergrande, da China, e o Al-Ahly, do Egito. Estreante na competição, o campeão asiático conta com os brasileiros Muriqui e Elkeson e o argentino Conca, que voltará ao Fluminense em 2014. Enquanto isso, o campeão africano, do experiente atacante Aboutrika, também chega à sua quinta participação após ter jogado o torneio em 2005, 2006, 2008 e 2012, quando foi eliminado pelo Corinthians.

Bayern de Munique campeao Liga dos CampeoesO vencedor do embate vai encarar o poderoso Bayern de Munique, comandado por Guardiola e desfalcado de Robben, na semifinal no dia 17. Os alemães foram campeões mundiais em 1976 contra o arquirrival do Galo, o Cruzeiro, e 2011 em cima do Boca Juniors.  O Atlético busca seu primeiro troféu de campeão mundial e o 11° do Brasil. Santos em 1962 e 63, Flamengo em 81, Grêmio em 83, São Paulo em 92, 93 e 2005, Corinthians em 2000 e 2012 e Inter em 2006 já levaram o caneco.

O favoritismo é total dos bávaros e atleticanos, mas os adversários nem tão badalados se inspiram no exemplo do Mazembe, que eliminou o Inter em 2010, para tentar chegar à decisão em 21 de dezembro, às 17h30, no estádio de Marrakesh.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: