A velocidade dos séculos

15 abr

biblioteca perdida alquimistaRecentemente li dois livros do italiano Marcello Simoni – “O Mercador de Livros Malditos” e “A Biblioteca Perdida do Alquimista” – cujas tramas se passam na virada do século XII para o XIII.

Conhecido como Idade Média, este período da história da humanidade guarda grandes mistérios e muitos aspectos a serem estudados.

No entanto, o que me chamou a atenção durante a narrativa foi o grande período de tempo que uma mensagem – escrita – demorava para chegar ao seus destino final e o mesmo tempo para que houvesse uma resposta.

As próprias distâncias geográficas eram um tremendo desafio para os viajantes da época. Contando apenas com as próprias pernas ou com animais, os andarilhos levavam semanas para cruzar planícies e planaltos rumo a outras cidades.

Pensar nesta dificuldade de locomoção e comunicação me fez refletir sobre nossa sociedade atual. Hoje sistemas de mensagens, com o WhatsApp, proporcionam troca instantânea de informação. Aviões cada vez mais modernos e rápidos permitem a volta ao mundo em horas.

Claro que para tudo há um preço a ser cobrado. Atualmente nosso tempo passa e simplesmente não vemos. Nossos compromissos se acumulam e vamos vivendo sem ao menos perceber.

Não acredito que a vida no século XII tenha sido melhor que agora, mas sou favorável a uma diminuição do ritmo atual para que possamos aproveitar melhor a vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: