Tag Archives: Corinthians

Inverteu! São Paulo sobe e Corinthians em crise

19 out

Por Gabriel Duque

tite e muricyEm pouco mais de três meses, foram disputados quatro clássicos entre São Paulo e Corinthians e o panorama dos dois times mudou completamente. Nos dois primeiros confrontos, o Timão mostrou uma enorme superioridade, conquistou o título da Recopa e iniciou a queda livre do Tricolor. No entanto, no quarto e mais recente duelo, os times empataram pelo Brasileirão e na rodada seguinte trocaram de posição na tabela, invertendo a crise de endereço.

Após os reveses iniciais diante do rival, o clube do Morumbi engatou sua pior sequência de derrotas na história, foi parar no fundo do poço, trocou de técnico, viveu de brigas públicas entre Ney Franco e Rogério Ceni e de Adalberto Batista com o goleiro e se viu na zona de rebaixamento com sério risco de cair para a Série B. Motivo de piada dos adversários, o time tricolor até ganhou um relógio contando os dias para o que seria a primeira queda da sua história.

Contudo veio uma nova troca de comando e Muricy Ramalho, aclamado pela torcida, parece conseguir colocar a equipe nos eixos. Com o treinador tricampeão brasileiro pelo clube, o São Paulo já soma seis vitórias, dois empates e três derrotas, pulando para o 12° lugar na tabela. Logo abaixo, na 13ª posição está o Corinthians, que vive dias para lá de conturbados.

Antes, na época da conquista da Recopa, tudo era maravilha e as perspectivas eram até de brigar pelo título nacional apesar do Alvinegro circular apenas pelo quinto posto da tabela. Mas com a venda de Paulinho, as lesões de algumas peças-chave como Renato Augusto e Guilherme e a queda de rendimento de outros tantos, o time do Parque São Jorge perdeu a linha e quase demitiu o Tite nesta semana.

Nos últimos tempos, o Corinthians acumulou seis derrotas, seis empates e só uma vitória. Nas últimas 10 partidas, marcou apenas um gol. O Timão, porém, tem grande chance de reagir já neste sábado em casa em jogo contra o Criciúma, que está na zona da degola. Já o São Paulo visita o Bahia neste domingo para tentar embalar na competição e livrar cada vez mais do fantasma do da queda.

São Paulo sem Libertadores

21 maio

Após a eliminação do Corinthians da Libertadores a colunista de TV da Folha, Keila Jimenez escreveu: “Ninguém ficou mais triste com a eliminação dos times paulistas da Libertadores da América do que a Globo.”

Também pudera com a saída de São Paulo e Palmeiras do torneio anteriormente, a emissora viu o time de Tite sucumbir diante do Boca Juniors nas oitavas-de-final na última quarta-feira.

Agora para a praça de São Paulo – maior referência do mercado publicitário – será exibido nesta quarta o filme “Encontro Explosivo” com Tom Cruise e Cameron Diaz, enquanto que o jogo do Santos pela Copa do Brasil será transmitido só para a Baixada Santista.

Em Minas Gerais, a Globo mostra o jogo de volta entre Cruzeiro e Resende também pela Copa do Brasil e o restante do país fica com a partida entre Fluminense e Olimpia do Paraguai válida pela ida das quartas-de-final da Libertadores.

2012 – o ano sem dono e dos recordistas – PARTE 3

31 dez

Por Gabriel Duque

Além dos destaques individuais, coletivamente 2012 também foi repleto de feitos inéditos e históricos. O Corinthians pode até ser elencado como o clube do ano, afinal conquistou pela primeira vez a Libertadores da América, passando por Vasco, Santos e Boca Juniors, e venceu o Mundial de Clubes em cima do Chelsea. Do elenco campeão, Cássio, Paulinho, Emerson e Guerrero, além do técnico Tite, foram os principais nomes.

corinthians_campeao_do_mundo_2012

Ainda falando em clubes tupiniquins, o Fluminense fez um trabalho muito competente durante o Campeonato Brasileiro e faturou o tetra. O São Paulo, por sua vez, levantou a taça da Copa Sul-Americana, se tornando o segundo time brasileiro a comemorar este título. Já o Palmeiras viveu o céu e o inferno neste ano: de campeão da Copa do Brasil a rebaixado para a Série B do Brasileirão.

Na Europa, o Chelsea, apesar de perder o título mundial para o alvinegro paulista, celebrou a conquista inédita da Liga dos Campeões com a classificação emocionante contra o Barcelona e uma final de tirar o fôlego diante do Bayern de Munique. Destaque para o marfinense Drogba.

Mas, se o Barcelona não levantou nenhum caneco na temporada, a seleção da Espanha com a base do time catalão faturou mais um torneio. Iniesta, Xavi e companhia foram campeões da Eurocopa e a Fúria virou a primeira equipe a vencer duas competições continentais e a Copa do Mundo em sequência.

espanha-euro-2012

Para fechar o ano coletivo, o futsal brasileiro brilhou. Mesmo com paralisia facial, Falcão ajudou o time canarinho a ir avançando de fase e chegar ao título do Mundial sobre a Espanha.

futsal-brasil-2012

 

Congestionamento no céu

19 dez

Por Gabriel Duque

Campeão mundial, o Corinthians fez a festa em São Paulo na chegada à capital nesta terça. Desembarcou com forte esquema de segurança, recebeu homenagem do prefeito Gilberto Kassab, desfilou no trio elétrico, cantou ao som de Thiaguinho e viu de perto o carinho da torcida alvinegra.

Os festejos duraram toda a manhã e só terminou no CT do Parque Ecológico, onde o Sheik levou a taça do título para alguns privilegiados torcedores encostarem nela e beijá-la. Porém o fato curioso e que motivou esse post foi uma cena vista no céu da cidade. Havia pelo menos oito helicópteros sobrevoando o caminho do ônibus e do trio elétrico do elenco corinthiano.

Foi um verdadeiro congestionamento no céu. Eram aeronaves de emissoras jornalísticas e outras com acompanhamento da polícia. Não sei se algum evento na cidade, como a cobertura do trânsito, de alagamentos ou crimes, já chegou a levar tantos veículos ao céu.

Bom, voltando à cena curiosa, a imagem mais inusitada veio do solo, quando uma câmera mirou para o céu e flagrou vários “pontinhos” pretos parados perto das nuvens. Pela distância, os helicópteros pareciam até uns mosquitos. A festa da torcida do Timão ficará marcada não só pela bonita recepção, mas também pelo trânsito de aeronaves.

corinthians

Corinthians campeão e Monterrey em 3º

16 dez

Quem ler este meu título vai achar um tanto curioso. Mas, a análise é bem simples. Como editor do blog, escrevo aquilo que acho interessante – sendo que algumas pautas como o Mundial de Clubes já se tornaram tradição do nosso espaço desde a vitória do Mazembe sobre o Interncaional em 2010, por exemplo.

Logo vou escrever sobre a vitória do Corinthians sobre o Chelsea hoje no Japão. Citarei o 1 a 0, mas ficarei apenas nestas duas linhas, afinal de contas todo mundo já sabe do acontecido.

Para não ser acusado de imparcial e são-paulino frustrado, vou focar na vitória dos mexicanos do Monterrey sobre os egípcios do Al Ahly. Com gols de Corona e Delgado, o time da Concacaf levou a medalha de bronze e mais de R$ 5 milhões em prêmios.

Como se pode ver, esta é mais uma dica de jornalismo: a mensagem deve ser passada, mas da maneira apropriada. 🙂

O óbvio no Japão

13 dez

Depois de suar a camisa – mesmo com as temperaturas baixas da cidade de Toyota –, o Corinthians bateu os egípcios do Al Ahly por 1 a 0 e agora enfrenta o Chelsea na final do Mundial de Clubes da Fifa. O time londrino, por sua vez, superou hoje sem dificuldades os mexicanos do Monterrey por 3 a 1.

Assim, no domingo, brasileiros e ingleses – com mais interesse por parte dos moradores das terras tupiniquins – estarão de olho no estádio de Yokohama para a definição do campeão

Final aguardada por muitos, o jogo entre Corinthians e Chelsea mostra a supremacia da América do Sul e da Europa, que sempre disputaram o título do torneio, mesmo depois do acréscimo dos campeões de outras confederações. A única exceção foi o africano Mazembe, que eliminou o Internacional nas semifinais de 2010 e depois foi derrotado pela Inter de Milão.

Agora resta esperar até o domingo para saber quem conquistará a tão almejada taça.

* Colaboração Gabriel Duque.

Juan Mata Chelsea

Os quatro “melhores” do mundo definidos

9 dez

Por Gabriel Duque

Monterrey, do México, e Al Ahly, do Egito, se juntam a Corinthians e Chelsea e integram o quarteto de “melhores” times do mundo em 2012. Os latinos tiveram vida fácil, neste domingo, e venceram o Ulsan, da Coreia do Sul, por 3 a 1. Já os egípcios saíram na frente do placar, sofreram o empate e precisaram correr para bater o Sanfrecce Hiroshima, do Japão, por 2 a 1.

Enquanto as quartas de final eram disputadas, o Corinthians realizou mais um treino em solo nipônico e confirmou que Gerrero, recuperado de lesão, fará dupla de ataque com Sheik na estreia. Ainda hoje, o Chelsea, enfim, chegou ao Japão para a disputa da competição.

Image

Agora, a equipe alvinegra, que debaixo de neve e frio de zero grau acompanhou a classificação do Al Ahly,se prepara para enfrentar o time egípcio e evitar surpresas. O jogo será, na quarta-feira, às 8h30, em Toyota. O Timão que se cuide, pois o rival possui um time experiente com Aboutrika no ataque e boa movimentação no contra-ataque. No entanto, o adversário do clube paulista tem sérias fragilidades na defesa.

A outra semifinal entre Chelsea e Monterrey será realizada, na quinta-feira, às 8h30, em Yokohama. Apesar do favoritismo dos clubes sul-americano e europeu, a competição nunca esteve tão aberta e com chances de zebras.

Mundial de Clubes ainda tem muito que evoluir

6 dez

Por Gabriel Duque

mundial de clubes da fifaA festa da torcida do Corinthians, na saída do Brasil no aeroporto de Guarulhos e na chegada ao Japão em Nagoya, já merece ser o maior destaque desta edição do Mundial de Clubes. O torneio também terá novidades interessantes como o teste da tecnologia na linha do gol e o uso da bola Cafusa, a mesma que será usada na Copa das Confederações, mas, no geral, a competição segue desinteressante.

Para o jovem time japonês Hiroshima,  o semi-amador Auckland City, o egípcio Al Ahly, que viveu uma das maiores tragédias na história do futebol em fevereiro, e para o estreante sul-coreano Ulsan Hyundai, a oportunidade é única. Essas equipes de menor expressão veem o campeonato como a chance da vida para aparecer para o mundo.

Na partida inicial nesta quinta-feira, os japoneses venceram o time neozeladês por 1 a 0 e agora seguem na luta pelo título mundial.

No caso do Monterrey, a meta é chegar à semifinal para evitar mais uma decepcionante eliminação e, assim, tentar derrubar o Chelsea para ser o primeiro mexicano na final do Mundial. Já o clube paulista vai pela primeira vez ao Japão e só pensa no título. A ansiedade pela conquista pode pesar contra, mas a chance de levantar o caneco é muito boa.

Os ingleses, por sua vez, vão disputar o torneio em meio a uma crise. Eliminados na fase de grupos da Liga dos Campeões, em baixa na Premier League e com o novo técnico Rafa Benítez pressionado, a competição chega em pior hora. Sem folga no calendário e com obrigação de ser campeão, o time insiste que dá importância ao Mundial, mas, na verdade, vemos os atletas brasileiros do clube londrino interessados no título, enquanto torcedores e imprensa britânica menosprezaram o campeonato.

Opinião – A Fifa precisa fazer com que o Mundial desperte a atenção dos europeus. Para isso, só mudando o formato. Não custaria adicionar novas fases e novos times. Que o torneio comece nas oitavas de final com 16 clubes. Seriam quatro jogos a serem disputados. Poderia ser mantido o lado pouco produtivo e político, com o time da casa e os campeões da Ásia, da África, da Oceania e da Concacaf. Para completar a chave, seriam chamados o atual vencedor do Mundial, os cinco melhores da Libertadores e os cinco melhores da Europa.

Assim, teríamos pelo menos 10 clubes de peso e a rivalidade entre eles poderia deixar a competição mais interessante.

Mundial de Clubes 2012

6 dez

mundial de clubes da fifaComeça nesta quinta-feira, 06, o Mundial de Clubes. Novamente com o Japão como cenário, os vencedores dos campeonatos de times das seis confederações ligadas à Fifa mais o vencedor do certame local disputam o título de campeão do mundo.

Para os brasileiros e a apaixonada torcida corintiana é a chance de ver mais um time tupiniquim levantando a taça na Ásia. Diferentemente dos outros anos, o campeão europeu Chelsea chega em crise e pode não oferecer tanta resistência aos sul-americanos.

Antes, porém da disputada final, marcada para o dia 16, acontece já amanhã o jogo entre o Auckland City, da Nova Zelândia e o Sanfrecce Hiroshima, do Japão. O vencedor deste confronto enfrenta o Al Ahly, do Egito, para assim definir o adversário do Corinthians.

Do outro lado da chave, a disputa entre o sul-coreano Ulsan Hyundai e o mexicano Monterrey define quem enfrentará os ingleses do Chelsea.

Nos próximos dias, todo o noticiário esportivo estará voltado para a disputa com a crescente expectativa para a final do dia 16.

Menos mal

13 jul

Após meses de impasse, a FIFA anunciou o futuro estádio do Corinthians, em Itaquera, como a arena paulista para a Copa do Mundo no Brasil, em 2014. Popularmente conhecido como Fielzão, em alusão a torcida corintiana, o espaço deve levar o nome de Itaquerão.

No entanto, diferentemente do anunciado por alguns veículos anteriormente, ainda não foi desta vez que a entidade máxima do futebol confirmou a partida inaugural do Mundial, em São Paulo. O anúncio ficou para outubro.

Depois de várias idas e vindas, finalmente a população da maior cidade brasileira e centro econômico-financeiro do país pode respirar aliviada – em termos.

Agora resta ao time paulista e a construtora Odebrecht arregaçarem as mangas e correrem contra o tempo para entregar ao povo paulista e ao Brasil uma arena digna da abertura de Mundial.

Em tempo, a posição deste blogueiro não foi alterada. Ainda acredito que os governantes postergaram e muito a definição do estádio paulista na Copa. No entanto, acredito que poderemos agora ver um belo espetáculo à altura da cidade de São Paulo e sua importância história e geográfica.