Tag Archives: Twitter

Sai de Baixo Chatice

12 jun

sai de baixo

O Viva exibiu ontem o primeiro dos quatro episódios especiais do Sai Baixo criados para comemorar os três anos da inauguração do canal.

Com a presença de Miguel Falabella, Marisa Orth, Aracy Balabanian, Luis Gustavo e Marcia Cabrita a série especial contou também com a participação de Tony Ramos como novo mordomo da casa.

O fato que mais chamou minha atenção foi a repercussão da exibição do programa no Twitter. Durante mais de uma hora, termos como Magda, Sai de Baixo e #SaideBaixoChatice figuraram nos Trending Topics.

A meu ver, dois fatores explicam esse fenômeno. O primeiro foi a ampla divulgação dos episódios especiais que utilizou desde banners em shoppings movimentados até anúncios em jornais populares.

Outro dado relevante para o sucesso no Twitter é o número de pessoas com acesso à TV paga no país. Desde 2010, ano de fundação do Viva por sinal, a quantidade de casas com TV por assinatura só cresce, sendo que em abril já eram 16.969.676 domicílios impactados com uma população de cerca de 54,3 milhões de telespectadores.

Esse crescimento da TV paga está diretamente relacionado ao maior poder aquisitivo da chamada classe C e o avanço do poder de compra dos brasileiros nos últimos anos.

Anúncios

#AceitaLaura

7 jun

Ontem durante o intervalo da exibição do capítulo da novela “Amor à Vida”, da Rede Globo, um rapaz pediu a namorada em casamento em rede nacional.

Após a exibição do comercial, a hastag #aceitalaura – citada ao fim da peça publicitária – já disparava como Trending Topics do Brasil e durante todo o dia de hoje aparecia como patrocinada no Twitter.

A união de mídias – TV e redes sociais – mostra cada vez mais a força da convergência. Em minutos, o assunto da rede passou a ser o improvável pedido de casamento e sua repercussão.

Parte de uma ação da Nextel, a campanha conseguiu ‘criar uma conversa’, como definiu o professor José Carlos Carreira e mais do que isso causou reação nas pessoas.

Halls e as redes

10 maio
Foto: Ana Carolina Cunha

Foto: Ana Carolina Cunha

Sucesso entre jovens e adolescentes, as balas Halls usaram da percepção para melhor divulgar seus endereços nas redes sociais.

Já que todas as balas são embaladas com papéis descartáveis, por que não divulgar a mensagem através desse espaço.

A meu ver, a grande sacada da Halls foi aproximar as redes já conhecidas do seu público com o produto diretamente.

Como efeito de ilustração, no momento em que este post está sendo divulgado o perfil da Halls no Twitter (@HallsBrasil) tem mais de 27 mil seguidores, enquanto que a página do Facebook (HallsBrasil) já ultrapassou a marca de 4,1 milhões de curtir.

A renúncia do Papa e a mídia

17 fev

O site Comunique-se fez um apanhado geral sobre a cobertura da mídia em relação à renúncia do Papa Bento XVI ocorrida esta semana.

Entre os textos, o “cancelamento” das férias da correspondente da TV Globo na Itália Ilze Scamparini, a mudança do diretor de jornalismo da Band, Fernando Mitre, que deixou Paris rumo a Roma, um me chamou a atenção.

Conhecedora de latim, a correspondente da Agência de NotíciasmItaliana Ansa, Giovanna Chirri, ouviu a declaração do papa para os cardeais na segunda-feira e entrou em contato com o porta-voz do Vaticano Federico Lombardi confirmando a notícia da renúncia.

Como aprendi na Universidade, o repertório e a cultura em geral são pontos primordiais para o exercício do jornalismo. Entender latim foi fundamental para que Chirri divulgasse a notícia em primeira mão.

Sempre é bom ter um conhecimento amplo do que acontece no mundo para contextualizarmos as informações a todos.

Em tempo, acabo de ver que o sumo pontífice deixará o Twitter assim que entregar o cargo para ficar isolado do mundo.

Twitter e as celebridades

1 fev

Mesmo com menos relevância na atmosfera das redes sociais nos últimos meses – aos olhos deste blogueiro – o Twitter segue como uma forte ferramenta de divulgação, principalmente para alguns artistas.

Nesta reportagem veiculada no site da Veja, o autor mostra dados relevantes como o fato de nos Estados Unidos alguns artistas assinarem contratos com cláusulas específicas sobre número de twitts a serem divulgados de acordo com o projeto.

Na matéria, destaque para a cantora Ivete Sangalo que, apesar de ainda engatinhar, utiliza o seu Twitter – com mais de 7 milhões de seguidores – com postagens de bom humor e fatos da vida pessoal narrados de forma divertida.

Duas novidades do Twitter

12 dez

logo twitterAinda forte na área das redes sociais, o Twitter apresentou duas relevantes novidades neste início de mês. Inicialmente, o Vaticano anunciou para esta quarta-feira, 12 de dezembro, o primeiro twitt do papa Bento XVI em seu perfil @pontifex.

Criada há mais de um mês, a conta já contava com mais de 650 mil seguidores – mesmo sem nenhuma mensagem postada. Após a publicação dos primeiros twitts, o número de contas que acompanham o papa pulou para mais de 800 mil.

Já a outra novidade é em nível nacional, com a inclusão em sua lista de Trending Topics – assuntos mais comentados – de nove cidades brasileiras: Curitiba, Recife, Belém, Goiânia, Campinas, Porto Alegre, São Luis, Guarulhos e Belo Horizonte.

Agora esses municípios se unem a Brasília, Manaus, Salvador, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo que já eram monitorados pelo sistema de algoritmos da ferramenta.

Na nova lista chama a atenção para a inclusão de Guarulhos. Segunda cidade mais populosa do estado de São Paulo, o município faz divisa com a capital e agora tem os  twitts de seus internautas monitorados e mensurados.

 

 

 

Rede MIS discute profissões nas redes sociais

12 nov

Nesta terça-feira, 13, o MIS (Museu da Imagem e do Som) recebe para uma edição do Rede MIS com a palestra “Como utilizar as redes sociais profissionalmente”, a partir das 14h.

Ministrada pelo professor José Luiz Goldfarb a oficina visa mostrar a melhor forma de utilizar as redes para fazer contatos profissionais.

Para realizar a inscrição, basta clicar aqui. O MIS fica na Avenida Europa, 158.

Obama na rede

7 nov

Reeleito presidente dos Estados Unidos, Barack Obama é conhecido por sua popularidade nas redes sociais.

E a comemoração pelos próximos quatro anos à frente do comando os norte-americanos mostrou-se como um claro exemplo desse poder de engajamento de seus seguidores.

Postada após a confirmação da vitória, a foto do abraço de Obama e a primeira-dama Michelle foi a imagem mais “curtida” da história do Facebook. Até o momento deste post, 3.795.034 pessoas haviam clicado no sinal de positivo característico da rede social.

E não foi só isso, Obama também tem o título de post mais retuitado na história do Twitter. Simplesmente 761.072 espalharam a mesma foto para comemorar o resultado na eleição.

Definitivamente os melhores índices já alcançados nas redes sociais.

Abraço de Obama e Michelle entra para história

 

Youtube, Twitter e as eleições

8 out

Com o fechamento das urnas em todo o país na noite de ontem e a conclusão das eleições em algumas cidades, diversos dados foram amplamente divulgados na web.

Em um caso específico, a força desta mesma rede pode ser comprovada. Em maio do ano passado, a professora Amanda Gurgel figurou por dias nos Trending Topics do Twitter, após discursar na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Com uma fala emblemática, Amanda causou constrangimento aos deputados presentes comparado o salário de sua categoria aos rendimentos pagos aos parlamentares.

No entanto, desde ontem e a partir do dia 1º de janeiro, Amanda terá a oportunidade de estar do outro lado das bancadas.

Eleita vereadora de Natal com 32.819 votos – 8,59% dos válidos – a professora obteve a maior votação nominal da capital potiguar em 2012.

Fruto da repercussão de sua fala na assembleia, que logo se tornou um vírus e tomou conta da rede, o fenômeno Amanda Gurgel – que até esteve no palco do Domingão do Faustão – pode ser visto do ponto de vista das redes sociais e seus produtos.

Ao meu ver, esse resultado nas urnas está diretamente ligado à força do Youtube e a repercussão da indignação de Amanda. Não fosse o fato de estar em evidência com seu vídeo – e obviamente defendendo uma causa justa para muitos eleitores – dificilmente a então candidata obteria votação tão expressiva.

Estamos na rede – cada vez mais

1 out

No mês em que o Leia e Opine comemora dois anos de fundação, finalmente o signatário do blog resolveu aderir as tão reverenciadas Redes Sociais.

Agora aos fãs e amigos, basta curtir a página no Facebook (http://www.facebook.com/LeiaeOpine) e/ou seguir o perfil no Twitter @LeiaeOpine para se manter bem informado.

E como em uma boa rede social, espalhe essa informação por aí!